https://misticosonline.blog/2019/01/27/e

Erveiras, raízeiras e benzedeiras


As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade. Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio

:“Erveiras, raizeiras, benzedeiras, mulheres sábias que por muito tempo andaram sumidas, ou até mesmo escondidas. Hoje retornam com um diploma de pós-graduação nas mãos e um sorriso maroto nos lábios. Seu saber mudou de nome. Chamam de terapia alternativa, medicina vibracional, fitoterapia, práticas complementares…são reconhecidas e respeitadas, tem seus consultórios e fazem palestras.

As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade. Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio. Na verdade, a mulher idosa é um arquétipo da ‘curadora’, também chamada nos mitos de Grande Mãe.

Não tem nada a ver com a idade cronológica, porque esse é um arquétipo comum a todas as mulheres que sentem o chamado para a criatividade, que se interessam por novos conhecimentos e estão sempre a procura de mais crescimento interno. Sua sabedoria é saber que somos “obras em andamento’, apesar do cansaço, dos tombos, das perdas que sofremos… a alma dessas mulheres é mais velha que o tempo, e seu espírito é eternamente jovem.

Talvez seja por isso que, como disse Clarissa Pinkola:

“Toda mulher parece com uma árvore. Nas camadas mais profundas de sua alma ela abriga raízes vitais que puxam a energia das profundezas para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos. Ninguém compreende de onde uma mulher retira tanta força, tanta esperança, tanta vida. Mesmo quando são cortadas, tolhidas, retalhadas, de suas raízes ainda nascem brotos que vão trazer tudo de volta à vida outra vez.”

Por isso, entendem as mulheres de plantas que curam, dos ciclos da lua, das estações que vão e vem ao longo da roda do sol pelo céu. Elas tem um pacto com essa fonte sábia e misteriosa que é a natureza. Prova disso é que sempre se encontra mulheres nos bancos das salas de aula, prontas para aprender, para recomeçar, para ampliar sua visão interior. Elas não param de voltar a crescer…

Nunca escrevem tratados sobre o que sabem, mas como sabem coisas! Hoje os cientistas descobrem o que nossas avós já diziam: as plantas têm consciência! Elas são capazes de entender e corresponder ao ambiente à sua volta. Converse com o “dente-de-leão” para ver… comunique-se com as plantas de seu jardim, com seus vasos, com suas ervas e raízes, o segredo é sempre o amor.

Maya Santana

Signo do mês – Aquário

Para quem é de Aquário, liberdade é uma conquista diária. Expressa sua originalidade quando pode escolher entre mil opções, especialmente no amor.

Nada como um lugar diferente, um programa que saia da rotina. Você detesta solidão, por isso, está sempre em busca de companhia. Quando ama, entra de cabeça, ainda mais se a pessoa que está com você divide os mesmos interesses.

Você sabe compreender as necessidades de quem ama, por isso, atitudes egoístas não fazem parte do seu comportamento habitual. Na paquera, não tem dificuldade de cativar quem desperta seu interesse, pois esbanja criatividade.

 É o décimo primeiro signo do Zodíaco e é governado pelo planeta URANO. O signo de Aquário é o mais enigmático e independente de todos os signos do Zodíaco.

Pessoas desse signo tem um desejo incrível por uma vida única e diferente. São totalmente dedicados em alcançar a sua independência, e nem sempre tem tempo de dedicar sua vida aos seus parceiros. Pessoas desse signo tendem a ser intelectuais e teimosos.

A cor tradicional do signo de Aquário é o azul e o roxo.

AMOR

Os Aquarianos são românticos e cautelosos ao mesmo tempo. Podem ser legais, glamorosos e atraentes com uma personalidade magnética. Estar apaixonado é muito importante para ele(a). Precisa ter sua privacidade e estará preparado para consegui-la a qualquer preço. Parceria para você pode significar sacrifício já que você não gosta nem um pouco de mudar seu estilo de vida. Isso pode ser um problema, sendo que muitos deles(as) não conseguem se casar ou viver muito tempo com uma pessoa.

CASA

Você possui um talento único para criar efeitos especiais em sua casa, especialmente quando se trata de luzes. São capazes de organizar suas vidas de acordo com o meio ambiente em que vivem. Se moram em uma casa pequena, darão um jeitinho para que ela se pareça grande e espaçosa. Precisam ter seu próprio espaço e não gostam de muitos móveis pela casa. Quando escolhendo mobília, irá sempre escolher os mais modernos.

SIMBOLISMO

Astro regente: Urano

Elemento: Ar

Condimento:  Canela e Pimenta.

Erva: Azeda.

Metal: Alumínio.

Animal: Todos os tipos de pássaros, especialmente os grandes (gavião).

Cristais: Água marinha e Ametista.

Árvores: Pêra e Pêssego.

Paraíso astral: Gêmeos (21/5 a 20/6)

Santo: São Paulo

Anjo: Uriel
Flores: Orquídea e Margarida

Números: 4 e 5
Talismãs: Pirâmide e Ferradura
Dias: Quarta-feira e Sábado
Essências: Violeta e Lavanda
Verbo: “Eu sei”

Chronos e a passagem do tempo

 Chronos é a divindade suprema da segunda geração de deuses da mitologia grega, correspondente ao deus romano Saturno.

Deus da agricultura e também símbolo do tempo. Filho de Urano, o Céu estrelado, e Gaia, a Terra, é o mais jovem dos Titãs.

Casou-se com sua irmã Réia e com ela teve seis filhos: Deméter, Héstia, Poseidon, Hades, Hera e Zeus. Seu pai Urano, tão logo nasciam os filhos, devolvia-os ao seio materno, pois tinha medo de ser destronado por um deles.

Gaia, então resolveu libertá-los e pediu aos filhos que a vingassem e libertassem do esposo. Todos se recusaram, exceto Chronos, que odiava o pai. Gaia, então lhe entregou uma foice e quando Urano se deitou, à noite, sobre a esposa, Chrono cortou-lhe os testículos e os jogou no mar.

Com isso, após expulsar o pai, Chronos toma seu lugar. Temendo uma profecia segundo a qual seria tirado do poder por um de seus filhos, ele passa a engoli-los ao nascerem. Assim comeu todos seus filhos exceto Zeus, que Reia conseguiu salvar enganando Chronos.

Grávida de Zeus, Réia fugiu para a ilha de Creta e lá, secretamente, no monte Dicta, deu à luz o caçula. Envolvendo em panos de linho uma pedra, deu-a ao marido, como se fosse a criança, e o deus, de imediato, a engoliu.

Quando Zeus cresceu, iniciou uma longa e terrível guerra contra seu pai Chronos, solicitando para esse feito o apoio de Métis – a Prudência – filha do Titã Oceano. Esta ofereceu a Chronos uma poção mágica, que o fez vomitar os filhos que tinha devorado.

Zeus, então o expulsou do Olimpo, banindo-o com seus titãs aliados para o Tártaro, lugar de tormento, depois de uma guerra de dez anos que ficaria conhecida como titanomaquia. E assim como o pai simbolizava o tempo, ao derrotá-lo, Zeus tornou os deuses imortais.

Como arquétipo, Chronos representa a passagem do tempo, a velhice, as tradições. Nele encontramos as limitações da vida mortal. É natural que um soberano com a idade seja substituído por um de seus filhos, entretanto Chronos não aceita bem a passagem do tempo e a perda da fertilidade e do poder, por isso engole seus filhos.

Ele somente encontra a sabedoria na velhice, quando é inevitavelmente expulso por Zeus e se torna um deus agrário. Porém isso ocorre de uma forma amarga.

Chronos, portanto representa o corpo físico, que envelhece de forma inexorável e ao mesmo tempo se rebela contra seu destino fatal.Esse arquétipo nos diz que devemos aceitar nossa condição mortal e isso se dá por meio da separação dos pais e da infância.

Aceitar a maturidade nos traz sabedoria. Somente assim podemos parar de fantasiar que virá alguém como num passe de mágica transformar a nossa vida em um aconchego eterno. E então, passamos a assumir a responsabilidade dos nossos atos e escolhas.

A maturidade do espírito faz com que diminuamos as projeções. Nosso lado adolescente, que não quer “crescer” irá se rebelar, porém, se aceitarmos isso poderemos evitar muitas amarguras e descontentamentos e então iremos encontrar a sabedoria.

Eclipse Lunar 2019 traz mudanças repentinas.

Por ser um eclipse lunar total, que chega em uma Lua Cheia, esta lua também é chamada de Lua de Sangue, por sua cor avermelhada, ou Superlua. O planeta é influenciado profundamente com os eclipses, pois eles desencadeiam movimentos intensos na Terra por aproximadamente seis meses.

Nos tempos antigos, a Lua Vermelha significava a chegada de catástrofes e, sendo assim, alguns astrólogos a consideram como um mau sinal ou mau presságio.

Desafortunadamente, um terremoto com mais intensidade torna-se possível de acontecer nos meses que seguem. Terremotos também podem surgir na vida de algumas pessoas, sobretudo as que arrastam situações insalubres em suas vidas. Sendo assim, esse eclipse pode trazer rompimentos, como também novos e diferentes relacionamentos, que terão a independência como característica.

“Não estamos falando de energias suaves, pois é forte o apelo à liberdade”

As opressões tendem a ser destruídas com rapidez, ou seja, nos próximos seis meses há grande possibilidade de sermos influenciados por energias de destruição, impulsividade e independência.

Por Eunice Ferrari

Lua fora de Curso

Veja a tabela da Lua fora de curso para 2019

Os acontecimentos de um dia são principalmente sinalizados pela Lua, único ‘planeta’ da Astrologia a percorrer cerca de 13 graus por dia, sendo que os planetas mais rápidos não chegam a 2 graus. Tecnicamente, a Lua fora de curso ocorre quando a Lua transita por um signo e não faz mais nenhum aspecto (ângulo de zero, sessenta, noventa, cento e vinte e cento e oitenta graus) enquanto está naquele signo. É como se estivesse incomunicável. O fato de não fazer aspectos indica que o assunto iniciado durante a vigência dela não terá sustentação ou vai ocorrer de forma imprevisível.

Por esse motivo, atividades mais corriqueiras, e até mesmo meditativas ou relaxantes, são favoráveis na Lua fora de curso, enquanto as novas, que precisam de um impulso direcionado, podem se perder mais. Algumas vezes, isso se reflete até mesmo em algo simples, como a compra de uma roupa. Se você adquiriu uma roupa bonita e nunca usou, procure verificar se a sua compra não foi feita em um período de Lua fora de curso.

De um modo geral, evite:
* Marcar consulta com um médico que não conheça ainda
* Inaugurar empreendimentos
* Realizar matrículas em cursos
* Submeter-se a cirurgias
* Mudar-se de casa
* Agendar reuniões de assuntos novos e importantes para este período
* Ter o primeiro encontro para sair com alguém em quem você esteja interessado
* Começar qualquer atividade que pretenda ter efeitos a longo prazo

A Lua fora de curso não afeta:
* O que se está dando continuidade, o que já se conhece, o que já está implantado.
* É pouquíssimo sentida quando se está em casa ou no trabalho, fazendo atividades corriqueiras.

A Lua fora de curso favorece:
* Menos rigidez e mais flexibilidade para se amoldar a mudança de planos.

Sinal de que a Lua fora de curso está no ar:
* Propensão a atrasos e imprevistos. Você marca com os amigos às 20h00, e o primeiro só aparece às 20h40, ou você fica mais tempo no engarrafamento, etc. Ou as coisas simplesmente não saem como o planejado.

Tabela da Lua fora de curso para 2019

A tabela considera o horário de verão (de duas horas a menos em relação a Greenwich) até 16 de fevereiro, e, depois desta data, o horário normal de Brasília (de três horas a menos em relação a Greenwich). O horário de verão volta a ser considerado a partir de 20 de outubro. Para outras localidades, será necessário somar ou subtrair horas de acordo com o fuso. 

Janeiro

20h27 do dia 01 até 07h00 do dia 02
15h43 até 16h56 do dia 04
04h21 até 04h47 do dia 07
14h54 até 17h45 do dia 09
12h26 do dia 11 até 06h19 do dia 12
13h57 até 16h32 do dia 14
16h35 até 23h01 do dia 16
23h33 do dia 18 até 01h45 do dia 19
23h51 do dia 20 até 01h56 do dia 21
23h20 do dia 22 até 01h23 do dia 23
11h51 do dia 24 até 02h04 do dia 25
03h22 até 05h32 do dia 27
20h40 do dia 28 até 12h34 do dia 29
20h34 até 22h48 do dia 31

Fevereiro

  • 08h53 até 11h04 do dia 03
  • 22h do dia 05 até 00h03 do dia 6
  • 20h14 do dia 07 até 12h35 do dia 08
  • 21h48 até 23h28 do dia 10
  • 20h27 do dia 12 até 07h33 do dia 13
  • 10h49 até 12h03 do dia 15
  • 11h18 até 112h22 do dia 17
  • 10h52 até 11h48 do dia 19
  • 22h52 do dia 20 até 11h18 do dia 21
  • 12h11 até 12h57 do dia 23
  • 09h14 até 18h20 do dia 25
  • 03h18 até 03h49 do dia 28

Março

  • 15h48 até 16h07 do dia 02
  • 05h06 até 05h11 do dia 05
  • 16h09 até 17h28 do dia 07
  • 14h14 do dia 09 até 04h10 do dia 10
  • 06h32 até 12h49 do dia 12
  • 09h31 até 18h50 do dia 14
  • 15h04 até 21h57 do dia 16
  • 12h20 até 22h42 do dia 18
  • 12h23 até 22h29 do dia 20
  • 15h11 até 23h17 do dia 22
  • 23h24 do dia 24 até 03h07 do dia 25
  • 23h38 do dia 26 até 11h08 do dia 27
  • 21h05 até 22h46 do dia 29

Abril

  • 00h02 até 11h49 do dia 1º
  • 12h36 até 23h57 do dia 03
  • 23h15 do dia 05 até 10h07 do dia 06
  • 05h29 até 18h16 do dia 08
  • 14h27 do dia 10 até 00h32 do dia 11
  • 20h33 do dia 12 até 04h5 do dia 13
  • 22h39 do dia 14 até 07h14 do dia 15
  • 01h30 até 08h23 do dia 17
  • 08h13 até 09h41 do dia 19
  • 01h01 atpe 13h do dia 21
  • 08h44 até 19h51 do dia 23
  • 16h49 do dia 25 até 06h28 do dia 26
  • 06h44 até 19h12 do dia 28
  • 18h58 do dia 30 até 07h24 do dia 1º de Maio

Maio

  • 18h58 do dia 30 de Maio até 07h24 do dia 1º
  • 05h48 até 17h19 do dia 03
  • 12h11 do dia 05 até 00h41 do dia 06
  • 20h50 mdo dia 07 até 06h07 do dia 8
  • 23h07 do dio 9 até 10h14 do dia 10
  • 09h25 até 13h22 do dia 12
  • 14h20 até 15h51 do dia 14
  • 06h38 até 18h26 do dia 16
  • 18h12 até 22h22 do dia 18
  • 14h06 do dia 20 até 04h57 do dia 21
  • 00h58 até 14h50 do dia 23
  • 09h52 do dia 25 até 03h08 dos dia 26
  • 01h22 até 15h32 do dia 28
  • 12h09 do dia 30 até 01h44 do dia 31

Junho

  • 19h54 do dia 1º até 08h48 do dia 2
  • 12h43 até 22h24 do dia 4
  • 11h11 até 16h16 do dia 6
  • 18h24 até 18h46 do dia 8
  • 09h02 até 21h30 do dia 10
  • 12h16 do dia 12 até 10h03 do dia 13
  • 16h46 do dia 14 até 06h04 do dia 15
  • 05h31 do dia 17 até 13h14 do dia 18
  • 08h20 até 23h01 do dia 19
  • 11h03 do dia 21 até 11h02 do dia 22
  • 20h11 até 23h38 do dia 24
  • 04h52 até 10h32 do dia 27
  • 15h39 até 18h10 do dia 29

Julho

  • 18h49 até 22h24 do dia 1º
  • 11h25 do dia 03 até 00h20 do dia 4
  • 13h51 do dia 07 até 03h08 do dia 8
  • 16h36 doa dia 09 até 06h29 do dia 10
  • 21h29 do dia 11h até 12h06 do dia 12
  • 22h31 do dia 13 até 20h05 do dia 14
  • 18h39 do dia 16 até 06h19 do dia 17
  • 12h54 do dia 18 até 18h20 do dia 19
  • 05h35 até 07h03 do dia 22
  • 11h49 até 18h43 do dia 24
  • 01h29 até 03h30 do dia 27
  • 12h25 do dia 28 até 08h31 do dia 29
  • 00h13 até 10h19 do dia 31

Agosto

  • 17h49 do dia 1º até 10h21 do dia 02
  • 01h28 até 10h30 do dia 04
  • 04h36 até 12h32 do dia 06
  • 11h58 até 17h35 do dia 08
  • 16h51 do dia 10 até 01h51 do dia 11
  • 19h12 do dia 12 até 12h36 do dia 13
  • 22h02 do dia 15 até 00h50 do dia 16
  • 19h35 do dia 17 até 13h33 do dia 18
  • 01h07 até 01h38 do dia 21
  • 18h33 do dia 22 até 11h35 do dia 23
  • 03h59 até 18h06 do dia 25
  • 05h56 até 20h54 do dia 27
  • 21h do dia 28 até 20h58 do dia 29
  • 07h21 até 20h09 do dia 31

Setembro

  • 05h34 até 20h36 do dia 02
  • 07h59 do dia 04 até 00h09 do dia 05
  • 13h04 do dia 06 até 07h38 do dia 07
  • 05h31 até 18h24 do dia 9
  • 02h23 do dia 11 até 06h52 do dia 12
  • 01h34 até 19h33 do dia 14
  • 13h03 do dia 16 até 07h32 do dia 17
  • 10h57 até 17h58 do dia 19
  • 23h42 do dia 21 até 01h51 do dia 22
  • 19h06 do dia 23 até 06h20 do dia 24
  • 13h15 do dia 25 atá 07h37 do dia 26
  • 00h59 até 07h04 do dia 28
  • 23h06 do dia 29 até 06h42 do dia 30

Outubro

  • 06h47 até 08h45 do dia 02
  • 04h34 até 14h44 do dia 04
  • 20h26 do dia 06 até 00h42 do dia 07
  • 15h27 do dia 08 até 13h06 do dia 09
  • 06h56 do dia 11 até 01h46 do dia 12
  • 19h00 do dia 13 até 13h24 do dia 14
  • 05h38 até 23h31 do dia 16
  • 23h15 do sia 18 até 07h43 do dia 19
  • 10h40 até 14h29 do dia 21
  • 07h16 até 17h30 do dia 23
  • 11h até 18h20 do dia 25
  • 06h23 até 18h30 do dia 27
  • 15h35 até 19h59 do dia 29
  • 12h30 do dia 31 até 00h39 do dia 1º de Novembro

Novembro

  • 12h30 do dia 31 Outubro até 00h39 do dia 1º
  • 03h47 até 09h20 do dia 3
  • 12h38 até 21h09 do dia 05
  • 23h13 do dia 07 até 09h49 do dia 08
  • 12h01 até 21h19 do dia 10
  • 13h49 do dia 12 até 06h46 do dia 13
  • 0h40 até 14h16 do dia 15
  • 18h15 até 19h58 do dia 17
  • 19h12 até 23h55 do dia 19
  • 01h32 até 02h20 do dia 22
  • 00h50 até 03h59 do dia 24
  • 15h31 do dia 25 até 06h12 do dia 26
  • 08h50 até 10h33 do dia 28
  • 01h58 até 18h14 do dia 30

Dezembro

  • 10h28 do dia 02 até 05h11 do dia 03
  • 06h15 até 17h45 do dia 05
  • 13h02 do dia 07 até 05h30 do dia 08
  • 23h13 do dia 09 até 14h48 do dia 10
  • 03h13 até 21h24 do dia 12
  • 13h57 do dia 14 até 01h57 do dia 15
  • 20h11 do dia 16 até 05h17 do dia 17
  • 06h07 até 08h05 do dia 19
  • 09h46 até 10h58 do dia 21
  • 01h28 até 14h35 do dia 23
  • 09h19 até 19h46 do dia 25
  • 19h03 do dia 27 até 03h20 do dia 28
  • 08h25 até 13h42 do dia 30

Texto de Vanessa Tuleski

O Amor

O amor vem de onde menos se espera, quando não se está procurando por ele. Sair à procura do amor nunca resulta na chegada do parceiro certo. Só cria melancolia e infelicidade. O amor nunca está fora de nós, mas dentro de nós.

Descubra-se todos os dias…

Sonhe com as estrelas, apenas sonhe,
elas só podem trilhar o céu.

Não tente deter o vento,
ele precisa correr por toda a parte,
ele tem pressa de chegar, sabe-se lá onde.

As lágrimas?
Não as seque,
elas precisam correr na minha,
na sua, em todas as faces.

O sorriso!
Esse você deve segurar,
não o deixe ir embora, agarre-o!

Persiga um sonho,
mas, não o deixe viver sozinho.

Alimente a sua alma com amor,
cure as suas feridas com carinho.

Descubra-se todos os dias,
deixe-se levar pelas vontades,
mas, não enlouqueça por elas.

Abasteça seu coração de fé,
não a perca nunca.

Alague seu coração de esperanças,
mas, não deixe que ele se afogue nelas.

Se achar que precisa voltar, volte!
Se achar que precisa seguir, siga!

Se estiver tudo errado, comece novamente.
Se estiver tudo certo, continue.

Se sentir saudade, mate-as.
Se perder um amor, não se perca!
Se o achar, segure-o!

Circunda-se de rosas, ama, bebe e cala.
O mais é nada.

Fernando Pessoa


O vento é sempre o mesmo

O vento é sempre o mesmo, mas sua resposta é diferente em cada folha.

Somente a árvore seca fica imóvel entre borboletas e pássaros

Cecilia Meireles

O Signo de Capricórnio


Capricórnio vibra no elemento Terra, de qualidade Cardinal, polaridade yin (feminino).

É o signo dos avatares e da iniciação espiritual. 

Parece contraditório mas não é: o signo mais material de todos é aquele que dá início à vida espiritual. 
Explico: quando chegamos ao máximo possível da matéria, partimos para o espírito.


No hemisfério Norte, corresponde ao solstício de inverno (momento que o Sol está posicionado em linha reta com o meridiano central, em seu ponto mais alto, portanto mais frio, à noite mais longa do ano, que dá início ao inverno).


No hemisfério Sul, onde estamos, é o solstício de verão (o Sol está posicionado em linha reta com o meridiano central, em seu ponto mais baixo, portanto mais quente, ao dia mais longo do ano, que dá início ao verão).


Pessoas com Sol, Lua, Ascendente ou planetas pessoais em ângulos importantes em Capricórnio se identificam mais com essa energia.
A qualidade Cardinal dá início a coisas novas.

Os signos Cardinais são Áries (início do outono no hemisfério Sul), Câncer (início do inverno no hemisfério Sul), Libra (início da primavera no hemisfério Sul) e Capricórnio (início do verão no hemisfério Sul).Esses signos, iniciadores das estações do ano solar, demarcam os 4 quadrantes na mandala astrológica.Cada um pertence a um elemento diferente.

No caso de Capricórnio, início do inverno no hemisfério Norte e início do verão no hemisfério Sul, é o início do quadrante de Terra.

A Terra é o último e mais concreto dos quatro elementos.Por isso Capricórnio pode ser visto também como o início do fim. 
Mas o que é o início do fim?

É a materialização daquilo que foi pensado ou intuído, era apenas uma ideia em Áries, depois foi acalentado, sonhado, desejado, cuidado, e foi adicionada a força da emoção em Câncer, foi raciocinado, planejado, calculado e organizado em Libra.

Em Capricórnio tudo o que é abstrato já passou, estamos na fase da realização prática, materialização do sonho, concretização do ideal, o resultado prático das ações e do trabalho.


A qualidade Cardinal confere a Capricórnio a iniciativa: age a partir do estímulo interno, e não externo. Não espera pelos outros ou por circunstâncias favoráveis para dar início a alguma coisa. 
Sua motivação é sua vontade. 


Sua ação não é uma reação, não é o resultado de algo que recebeu de fora, não é uma resposta, vem de dentro de si mesmo, como todos os signos Cardinais.
Isso, aliado à sua grande praticidade (elemento terra) lhe dá um tanto de autoritarismo: gosta de comandar. 


Não é o melhor signo para receber ordens, está mais para ditar as regras. 
Não é obediente, quer ser obedecido.
Suas metas são grandes, ambiciosas, duradouras. 
Se achar isso necessário, será a pessoa mais obediente do grupo, seguirá todas as regras, até mesmo aquelas que não concorda ou acha absurdas – mas somente se tiver certeza que isso lhe levará ao objetivo pretendido. 


Alcançado o objetivo, pára de obedecer e começa a mandar.A qualidade Cardinal lhe dá ousadia, independência e comando.
Portanto, Capricórnio é ação (cardinal) material (terra).

Capricórnio, assim como os outros signos do elemento terra (Touro e Virgem), PRECISA produzir. Necessita muito de realização profissional e material. 


Precisa ver o resultado prático de suas ações. Adora medir e calcular tudo, pois é prático, e sempre quer ter certezas.
Não faz nada por fazer, suas ações sempre tem um objetivo final, de preferência prático ou material.
Busca o poder e o status social. 


Prefere estar na parte de cima da pirâmide. É dessa maneira que se sente seguro.Precisa ter certeza que seu chão é firme, sua base é sólida e segura, e que sua raiz é profunda.

A teoria é para Sagitário. Capricórnio quer a prática.
Sente que tem valor quando seu trabalho é reconhecido, quando os outros reconhecem suas capacidades, e quando consegue mostrar ao mundo: eu fiz isso.
Sua ligação com a família é muito forte. Câncer é a raiz, Capricórnio é a planta. Câncer é a mãe. Capricórnio é o pai. Câncer é aconchego e proteção. 

Capricórnio é a disciplina e a luta pela sobrevivência. Câncer constrói sua casa. Capricórnio precisa da casa para voltar do trabalho lá fora e descansar.

Para Capricórnio, a família tem algo de sagrado. 
Poderá até brigar com sua família, mas tudo fará para mantê-la unida e forte. 

E também é um signo muito ligado às tradições e ao passado. O contato com seus ancestrais, as histórias da vovó ou do vovô lhe recarregam as energias, chegam até mesmo a dar um sentido para a sua vida. 


O sentido de continuar aquela tradição, aquela família, aquele clã. Adora conhecer a história, o passado dos seus antepassados e repassar isso tudo para os mais jovens, os novos membros do seu clã. Seus valores são tradicionais e conservadores.


Embora Capricórnio tenha quase sempre muitas mágoas guardadas dentro de si, não se queixa da vida (acha que isso é perda de tempo), mas segue sempre em frente com uma persistência de ferro para conseguir o que quer.

Observe a Cachoeira…

Seja flexível como as flores… como as borboletas…

Observe a cachoeira…

Ela perderia sua canção se fossem tiradas as pedras do seu caminho.

São os obstáculos que fazem suas águas prosseguirem.

Nenhuma rocha é capaz de deter a água.

Ela tem sabedoria para contorná-la e seguir em frente, com a força da suavidade…Nada é mais suave e nada é mais forte do que a água; caminha firme e lentamente, sabedora de que tem o mesmo destino do homem: seguir em frente!

Assim também é a nossa vida. Os obstáculos existem para nos fazer caminhar cada vez mais firmes, mais determinados.

Portanto, quando o sofrimento bater à sua porta, não lamente nem se inquiete, seja apenas testemunha da dor.

Sinta-se um privilegiado porque é das batalhas que surge a alma.

Diante de qualquer problema que lhe pareça sem solução, tome uma atitude inteligente a seu favor: respire…

Seja flexível como as flores, como as borboletas…

Experimente todos os perfumes. Estenda a mão, ofereça a sua compreensão, o seu amor.

Viemos a este planeta para aprender a amar. Apenas isso.

Então ame! Ame sempre!

Só o amor realiza a mágica de se multiplicar quando é dividido.


Namastê.

Arcano 3 – A Imperatriz

A Imperatriz

Representa atividade, liderança e carisma.


A Imperatriz simboliza a Natureza em ação, prosperidade, fertilidade, abundância, criatividade, sensualidade, progresso, e estimula o conhecimento, a ciência, a produção, o comércio, inovações e riquezas, bem como as posições de liderança e comando.


Representa atividade, liderança e carisma.
Em 2019 A Imperatriz traz desejos de mudança, inovações, ideias novas, ambição, progresso, incansáveis esforços, plena utilização de dons ou talentos, crescimento, acelera o ritmo do cotidiano.


O Arcano A Imperatriz vem após o Arcano A Sacerdotisa, iniciando um período de mais movimento e dinamismo, após uma grande pausa e atividades internas.


No período anterior, regido pela Sacerdotisa, as maiores atividades foram internas, com poucas mudanças e atividades externas, ao contrário da Imperatriz, que segue o movimento na vida social e material, reservando menos tempo para atividades internas ou pausas.


Com a Imperatriz temos discernimento, lucidez e eficiência, características que pouco se manifestam no Arcano do Enforcado.
Favorece as artes, os relacionamentos, o progresso profissional e aquisição de conhecimentos científicos, estimula as comunicações, estudos, artes, beleza, a vida social e as viagens.


O caminho da Imperatriz é movimentado e prazeroso.
Embora a Imperatriz não seja uma carta de espiritualidade, também não a nega, pois a abertura desse Arcano permite comunicação e intercâmbio com diversos tipos de energia, espiritualidade, etc principalmente através da intuição.


É uma energia expansiva e impulsiva que mostra o que está oculto, manifesta seus talentos principalmente na vida profissional, tem grande força mental e física, e capacidade de multiplicação, crescimento e despertar.


Rege os intermediários, mediadores, mensageiros, viajantes, vendedores, prestadores de serviço, comunicadores, as pessoas jovens, inteligentes, animadas, pessoas próximas, irmãos, vizinhos, colegas, etc