Arcano do dia – A Roda da Fortuna

agora11266

É uma carta mágica. Este arcano significa movimento; sob sua influência nada permanece como está. O bem não dura para sempre e o mal não impera eternamente. A roda da fortuna traz uma ampla gama de oportunidades que surgem de forma repentina e inesperada: encontros com novas pessoas; propostas de trabalho; possibilidades de viagens; novas e estimulantes aprendizagens; etc. A energia deste arcano traz a oportunidade de aprendermos a valorizar o aqui e agora, o que já temos e podemos explorar.
Mostra que a adaptabilidade de situações é um aprendizado que se deve levar ao longo da vida, isto se soubermos perceber como os ciclos acontecem e acompanhá-los de modo sutil.
Esta carta representa pessoas inconstantes e imprevisíveis. Mudam de opinião com muita facilidade e estão sempre à procura de novos desafios. Adoram o risco, o inesperado e a aventura.
As suas vidas estão sujeitas a grandes mudanças, têm altos e baixos. Tanto podem estar muito bem na vida como de repente tudo pode fracassar e terminam na ruína, voltando a começar tudo do zero.
Este arcano mostra o lado mais otimista e confiante das pessoas que estão sempre à espera de novas oportunidades e que a sorte lhes sorria.. A vida junto destas pessoas nunca é monótona pois estão em constante movimento e permanentes mudanças. Esta carta não pode ser analisada quanto à favorabilidade ou não dos seus sentidos, visto que simboliza o eterno movimento. O que é hoje pode não ser amanhã, e vice-versa. A interpretação deste arcano, mais do que qualquer outro, irá depender das outras cartas que estão com ele relacionadas.

“A Sorte tudo afecta: lança o teu anzol, porque no riacho mais improvável haverá peixe.”

Mudança repentina – Ciclos de vida – Sorte imprevista – Destino – Iniciativa – Movimento – Acção – Êxito efémero – Rapidez

Amor: Alterações inesperadas na vida afectiva. Novos conhecimentos. notícias para breve. Geralmente esta carta anuncia mudanças positivas. (prestar atenção à carta que se segue á roda da fortuna, para avaliar se a mudança é positiva ou negativa)

Trabalho: É uma carta que indica muito movimento e instabilidade, pode ter várias mudanças antes de se fixar num trabalho. Ganhos, perdas e riscos, estão relacionados com a roda da fortuna. Corretor da bolsa de valores, jogador, casinos, relações públicas.

Saúde:
Atenção a problemas circulatórios ou doenças relacionadas com artérias e veias.

Associações com a Astrologia:
A Roda da Fortuna está relacionada com o simbolismo de Júpiter, o planeta da sorte e da oportunidade.

A arte de ser feliz…

agora11230

Houve um tempo em que minha janela se abria
sobre uma cidade que parecia ser feita de giz.
Perto da janela havia um pequeno jardim quase seco.
Era uma época de estiagem, de terra esfarelada,
e o jardim parecia morto.
Mas todas as manhãs vinha um pobre com um balde,
e, em silêncio, ia atirando com a mão umas gotas de água sobre as plantas.
Não era uma rega: era uma espécie de aspersão ritual, para que o jardim não morresse.
E eu olhava para as plantas, para o homem, para as gotas de água que caíam de seus dedos magros e meu coração ficava completamente feliz.
Às vezes abro a janela e encontro o jasmineiro em flor.
Outras vezes encontro nuvens espessas.
Avisto crianças que vão para a escola.
Pardais que pulam pelo muro.
Gatos que abrem e fecham os olhos, sonhando com pardais.
Borboletas brancas, duas a duas, como refletidas no espelho do ar.
Marimbondos que sempre me parecem personagens de Lope de Vega.
Ás vezes, um galo canta.
Às vezes, um avião passa.
Tudo está certo, no seu lugar, cumprindo o seu destino.
E eu me sinto completamente feliz.
Mas, quando falo dessas pequenas felicidades certas,
que estão diante de cada janela, uns dizem que essas coisas não existem,
outros que só existem diante das minhas janelas, e outros,
finalmente, que é preciso aprender a olhar, para poder vê-las assim.

Cecilia Meireles

O uso mágico do alecrim

 

agora11226

  1. Plante alecrim na frente da sua casa para que ele proteja o imóvel e as pessoas e animais que vivem dentro dele.
  1. Use óleo essencial de alecrim para fazer a limpeza e a consagração de objetos mágicos, cristais e pedras.
  1. Peça ao alecrim que abençoe sua comida enquanto estiver fazendo feitiços de amor em sua cozinha de bruxa.
  1. Use alecrim durante o período de provas na escola para melhorar a memória.
  1. Inclua o alecrim em rituais mágicos de verão, já que ele é regido pelo sol.
  1. Queime o alecrim em rituais de purificação.
  1. Inclua o alecrim em sachês para aumentar a fertilidade.
  1. Faça uma oferenda com alecrim para a deusa romana Vênus.
  1. Crie uma coroa de alecrim para seu handfasting ou qualquer outra cerimônia de casamento.
  1. Adicione o alecrim em incensos para fazer a purificação de seu lar.

Arcano do dia – O Imperador

agora11223

A carta ”O Imperador” fala-nos de uma pessoa com a vida muito bem estruturada, que aprendeu com os seus erros e que cresceu, estando neste momento num patamar de riqueza mental (e material) imensa.

Esta carta tem uma energia masculina paternal muito assente, sendo que é sinónimo de rigidez, domínio e soberania..

O Imperador” é um exemplo firme de um homem de negócios que tem a soberania e as ideias organizadas e alinhadas de forma a chegar aos seus objetivos.

Quanto ao seu lado mais negativo – é um homem frio e rígido que não se importa com as emoções dos outros e só pensa com a razão.

É uma carta muito envolvida no Poder, pois ”O Imperador” significa isso mesmo – a dominância e frieza!

O Imperador” também nos comunica que não necessitamos de nos subjugarmos para alcançarmos os nossos objetivos, tendo sempre em mente aliderança e planeamento!

Seja como ”O Imperador”, rígido consigo mesmo para conseguir concretizar todos os seus desejos!

Ervas mágicas…

agora11213
MANJERICÃO (Ocimum basilicum)

Gênero: masculino

Associações astrológicas: Marte / Sol / Vênus

Elemento: Fogo

Também chamado de alfavaca, o manjericão é conhecido como símbolo do amor e da coragem e tem associação de longa data com a bruxaria e a magia.

Pode ser usado para acalmar o temperamento entre os amantes e em divinações com fins amorosos (por exemplo, coloque duas folhas frescas de manjericão em carvão ardente. Se elas permanecerem onde foram colocadas, queimarem rapidamente e virarem cinzas, o casamento será harmonioso. Se houver estalidos, a vida do casal será cheia de discussões e, casos as folhas voem para longe com estalidos fortes, o relacionamento não é aconselhável).

Para saber se uma pessoa é promíscua, coloque uma folha de manjericão fresca em sua mão. Se ela murchar, já sabe… (rs)

Traz riqueza para aqueles que o carregam em seus bolsos e é utilizado em estabelecimentos comerciais (na soleira da porta ou perto do caixa) para trazer fregueses.

Também é utilizado para que a pessoa se assegure de que o companheiro permaneça verdadeiro no relacionamento. Para isso, espalhe o pó de manjericão sobre o corpo da pessoa enquanto ela dorme, especialmente sobre o coração, e a fidelidade abençoará seu relacionamento.

Se for espalhado pelo chão, nenhum mal fica onde ele está. Pode ser utilizado para exorcismos e banhos de purificação.

Afasta bodes e cabras, mas atrai escorpiões. Usado para invocar salamandras. Previne embriaguez.

Diz-se que as bruxas bebiam meia xícara de suco de manjericão antes de voarem.

Para quem gosta de dietas: diz-se que se colocarmos secretamente um pedaço de manjericão debaixo de uma pessoa, ela não conseguirá comer nada.

O manjericão dado como presente traz boa sorte para uma casa nova.

Age como pacificador e integrador na família, daí ser chamado de erva da harmonia.

Ele transmuta a energia agressiva, transformando-a em vontade e força para brigar por coisas mais importantes como metas e ideais. Ajuda a brigar pela vida e pelas coisas que nós queremos.

É ótima para os desorganizados e indisciplinados. Ajuda-nos também a ver o brilho e o perfume da vida.

Na alimentação, atua como energizante. Por ser muito delicado, deve ser usado na cozinha delicadamente. Coloque-o sempre por último nos alimentos cozidos para que ele não perca os princípios ativos. Também é ótimo para dar banho em crianças agressivas e que dormem mal.

O escalda-pés de manjericão é ótimo para quem está agressivo, com raiva e pronto para explodir. Tira a raiva na hora.

Já o chá de manjericão ajuda pessoas muito contidas a liberarem o amor.

Pode também ser colocado em vasos para evitar a entrada de energias negativas.

As compressas de manjericão (uma pasta pilada com as folhas) ajuda as mães que ficam com os seios doloridas ou com rachaduras depois da amamentação. Os gargarejos com manjericão são ótimos para dor de garganta, aftas ou mau hálito.

Bom para casos de confusão mental. Pode ser usado ainda como tintura ou vinagre, queimado no aromatizador ou aspergido. Galhos nos vasos funcionam bem.

Utilize em banhos de limpeza, saúde e cura, fertilidade.

Serve para cessar violência, abençoar, acalmar, divinação, casamento, agradecimento, compreensão, entendimento, sabedoria e cura do meio ambiente.

Protege contra todas as formas do mal e atrai boa sorte.

Cultivar manjericão, eu um vaso ou em uma horta, traz paz e felicidade para a casa.

Esmague uma folha e inale o cheiro: ajuda a clarear a mente e o caminho correto irá se revelar.

Usar como um sabonete ritual de autodedicação. Também é altamente associado a iniciações.

Pode-se também utilizar o manjericão no cálice ritual, bebendo o chá magicamente preparado a fim de meditar com dragões e salamandras e para estabelecer uma comunhão com esses seres ancestrais.

Para proteção, coma o manjericão nos pratos que preparar com a devida visualização.

Ainda…

agora1186

Ainda que eu falasse as línguas dos homens e dos anjos, e não tivesse amor, seria como o metal que soa ou como o sino que tine.
E ainda que tivesse o dom de profecia, e conhecesse todos os mistérios e toda a ciência, e ainda que tivesse toda a fé, de maneira tal que transportasse os montes, e não tivesse amor, nada seria.
E ainda que distribuísse toda a minha fortuna para sustento dos pobres, e ainda que entregasse o meu corpo para ser queimado, e não tivesse amor, nada disso me aproveitaria.
O amor é sofredor, é benigno; o amor não é invejoso; o amor não trata com leviandade, não se ensoberbece.
Não se porta com indecência, não busca os seus interesses, não se irrita, não suspeita mal;
Não folga com a injustiça, mas folga com a verdade;
Tudo sofre, tudo crê, tudo espera, tudo suporta.
O amor nunca falha; mas havendo profecias, serão aniquiladas; havendo línguas, cessarão; havendo ciência, desaparecerá;
Porque, em parte, conhecemos, e em parte profetizamos;
Mas, quando vier o que é perfeito, então o que o é em parte será aniquilado.
Quando eu era menino, falava como menino, sentia como menino, discorria como menino, mas, logo que cheguei a ser homem, acabei com as coisas de menino.
Porque agora vemos por espelho em enigma, mas então veremos face a face; agora conheço em parte, mas então conhecerei como também sou conhecido.
Agora, pois, permanecem a fé, a esperança e o amor, estes três, mas o maior destes é o amor.

1 Coríntios 13

Quem Mantra seus males espanta…

agora53

Esse não é exatamente o ditado popular que você ouve desde a  infância, mas a pequena adaptação que fizemos trouxe um novo sentido, porém não menos verdadeiro, para a famosa frase.

Afinal, os Mantras –  vibrações energéticas produzidas por sons sagrados – são capazes de aquietar a mente e apaziguar o coração, o que garante um profundo bem estar emocional.

Entoada repetidas vezes, essas sílabas de origem Hindu ainda tem o poder de elevar a consciência, funcionando como um meio de comunicação com o plano espiritual.

“A prática leva à percepção de que você é um ser divino”

Existem inúmeros tipos de mantra, provenientes de várias religiões e tradições antigas e para diferentes finalidades.

Para atuar no campo sutil ou energético:

(OM) Pronuncia-se oum, é o mantra mais importante de todos, pois representa a criação do Universo e todo o conhecimento dos Vedas. Trata-se do som primordial, do qual se originam todos os outros. Além de limpar a mente, abrir os canais energéticos e atrair forças positivas, promove a cura.

(SHRIM) Ativa a capacidade de atrair e conservar a abundância. Segundo a tradição hindu, se você pronuncia-lo 100 vezes terá sua riqueza multiplicada por esse número. Se entoar mil vezes, o resultado será correspondente.

(HRIM) Mantra relacionado à purificação, é uma reverência a Maheshvari, a deusa protetora.

(HOM) Corresponde à consciência transcedental, energia masculina manifestada em Shiva.

(SHUM) Utilizado para atrair inteligência e sabedoria.

(GAM) Elimina obstáculos e traz sucesso nos negócios.

(AIM) É acionado para atrair a intenção de cura. Carrega a energia Sarasvati, que ecoa sabedoria e criatividade.

Namastê!

 

A Porta da Vida…

 

poderdaspalavras2

A porta da vida está aberta e convida,
pessoas com coragem para arriscar,
a rir, chorar, trabalhar, se esforçar, amar,
ser ouvido ou incompreendido,
receber atenção ou sofrer uma desilusão,
ser amado ou perder-se numa paixão,
a vida pede atenção.

A vida oferece muitas possibilidades…
Até para quem já não acredita mais em nada,
sempre haverá algo novo sob o sol,
um fio de esperança que poderá te levar ao paraíso,
uma nova oportunidade de ser e crescer.

Só não vale ter medo de si mesmo,
só não vale não se conhecer, não se respeitar.
Tem que pegar todas as experiências,
boas e ruins, doces e amargas,
e colocar no grande caldeirão da alma,
para entender o que vale e o que não vale a pena.
Assim, você terá uma bússola precisa,
que vai indicar o seu Norte, a sua direção,
que não tem tempo nem idade,
rumo a realização dos seus sonhos,
rumo a felicidade.

Paulo Roberto Gaefke

Definitivo…

agora1165
Definitivo, como tudo o que é simples. Nossa dor não advém das coisas vividas, mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram.

Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado, e não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.

Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar.

Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso: Se iludindo menos e vivendo mais!

A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida está no amor que não damos, nas forças que não usamos, na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do sofrimento, perdemos também a felicidade.

A dor é inevitável. O sofrimento é opcional…

Martha Medeiros

Miss Imperfeita…

 

agora1154

Eu não sirvo de exemplo para nada, mas, se você quer saber se isso é possível, me ofereço como piloto de testes. Sou a Miss Imperfeita, muito prazer. A imperfeita que faz tudo o que precisa fazer, como boa profissional, mãe, filha e mulher que também sou: trabalho todos os dias, ganho minha grana, vou ao supermercado, decido o cardápio das refeições, cuido dos filhos, marido (se tiver), telefono sempre para minha mãe, procuro minhas amigas, namoro, viajo, vou ao cinema, pago minhas contas, respondo a toneladas de e mails, faço revisões no dentista, mamografia, caminho meia hora diariamente, compro flores para casa, providencio os consertos domésticos e ainda faço as unhas e depilação! E, entre uma coisa e outra, leio livros. Portanto, sou ocupada, mas não uma workholic. Por mais disciplinada e responsável que eu seja, aprendi duas coisinhas que operam milagres. Primeiro: a dizer NÃO. Segundo: a não sentir um pingo de culpa por dizer NÃO. Culpa por nada, aliás.Existe a Coca Zero, o Fome Zero, o Recruta Zero. Pois inclua na sua lista a Culpa Zero. Quando você nasceu, nenhum profeta adentrou a sala da maternidade e lhe apontou o dedo dizendo que a partir daquele momento você seria modelo para os outros.Seu pai e sua mãe, acredite, não tiveram essa expectativa: tudo o que desejaram é que você não chorasse muito durante as madrugadas e mamasse direitinho.Você não é Nossa Senhora.Você é, humildemente, uma mulher. E, se não aprender a delegar, a priorizar e a se divertir, bye-bye vida interessante. Porque vida interessante não é ter a agenda lotada, não é ser sempre politicamente correta, não é topar qualquer projeto por dinheiro, não é atender a todos e criar para si a falsa impressão de ser indispensável. É ter tempo.Tempo para fazer nada.Tempo para fazer tudo.Tempo para dançar sozinha na sala.Tempo para bisbilhotar uma loja de discos.Tempo para sumir dois dias com seu amor.Três dias. Cinco dias! Tempo para uma massagem.Tempo para ver a novela.Tempo para receber aquela sua amiga que é consultora de produtos de beleza.Tempo para fazer um trabalho voluntário.Tempo para procurar um abajur novo para seu quarto.Tempo para conhecer outras pessoas.Voltar a estudar. Para engravidar.Tempo para escrever um livro que você nem sabe se um dia será editado.Tempo, principalmente, para descobrir que você pode ser perfeitamente organizada e profissional sem deixar de existir. Porque nossa existência não é contabilizada por um relógio de ponto ou pela quantidade de memorandos virtuais que atolam nossa caixa postal. Existir, a que será que se destina? Destina-se a ter o tempo a favor, e não contra.A mulher moderna anda muito antiga. Acredita que, se não for super, se não for mega, se não for uma executiva ISO 9000, não será bem avaliada. Está tentando provar não-sei-o-quê para não-sei-quem. Precisa respeitar o mosaico de si mesma, privilegiar cada pedacinho de si. Se o trabalho é um pedação de sua vida, ótimo!Nada é mais elegante, charmoso e inteligente do que ser independente. Mulher que se sustenta fica muito mais sexy e muito mais livre para ir e vir. Desde que lembre de separar alguns bons momentos da semana para usufruir essa independência, senão é escravidão, a mesma que nos mantinha trancafiadas em casa, espiando a vida pela janela. Desacelerar tem um custo. Talvez seja preciso esquecer a bolsa Prada, o hotel decorado pelo Philippe Starck e o batom da M.A.C. Mas, se você precisa vender a alma ao diabo para ter tudo isso, francamente, está precisando rever seus valores. E descobrir que uma bolsa de palha, uma pousadinha rústica à beira-mar e o rosto lavado (ok, esqueça o rosto lavado) podem ser prazeres cinco estrelas e nos dar uma nova perspectiva sobre o que é, afinal, uma vida interessante.

Martha Medeiros – Jornalista e escritora

 

agora1128

‎”Acho que o quintal onde a gente brincou é maior que a cidade. A gente só descobre isso depois de grande. A gente descobre que o tamanho das coisas há de ser medido pela intimidade que temos com as coisas” 

Manoel de Barros

Fizeram a gente acreditar que amor…

 

agora1125

 

Fizeram a gente acreditar que amor mesmo, amor pra valer, só acontece uma vez, geralmente antes dos 30 anos. Não contaram pra nós que amor não é racionado nem chega com hora marcada.

Fizeram a gente acreditar que cada um de nós é a metade de uma laranja, e que a vida só ganha sentido quando encontramos a outra metade. Não contaram que já nascemos inteiros, que ninguém em nossa vida merece carregar nas costas a responsabilidade de completar o que nos falta: a gente cresce através da gente mesmo. Se estivermos em boa companhia, é só mais rápido.

Fizeram a gente acreditar numa fórmula chamada “dois em um”, duas pessoas pensando igual, agindo igual, que isso era que funcionava. Não nos contaram que isso tem nome: anulação. Que só sendo indivíduos com personalidade própria é que poderemos ter uma relação saudável.

Fizeram a gente acreditar que casamento é obrigatório e que desejos fora de hora devem ser reprimidos. Fizeram a gente acreditar que os bonitos e magros são mais amados, que os que transam pouco são caretas, que os que transam muito não são confiáveis, e que sempre haverá um chinelo velho para um pé torto. Ninguém nos disse que chinelos velhos também têm seu valor, já que não nos machucam, e que existe mais cabeças tortas do que pés.

Fizeram a gente acreditar que só há uma fórmula de ser feliz, a mesma para todos, e os que escapam dela estão condenados à marginalidade. Não nos contaram que estas fórmulas dão errado, frustram as pessoas, são alienantes, e que poderíamos tentar outras alternativas menos convencionais.

Martha Medeiros