Arcano do dia – “O Mago”

 

agora11462

É hora de agir! Acredite em si, nos seus talentos e vá em frente no que deseja realizar.

Quando esta fé está presente, abrem-se para o ser humano infinitas possibilidades e ele torna-se, simbolicamente, o mago que domina o poder de “manipular as ilusões” e trazer à tona todo o seu potencial mental, emocional, físico e intuitivo.
Uma firme vontade e a fé em si mesmo, guiadas pela razão e o amor da justiça levá-lo-ão ao fim que quer alcançar e preservá-lo-ão dos perigos do caminho.

Arcano do dia – “A Sacerdotisa”

 

sacerdotisa

“Guarda silêncio sobre os teus desejos, a fim de não os entregares às contradições dos homens”.

Este é um momento de introspeção e descoberta. Descubra a sua própria essência. Utilize mais a sua intuição para atingir os seus objetivos. Não dê muita atenção àquilo que ouve, apenas tire proveito daquilo que lhe for útil.

Só por hoje, permita-se deixar-se conduzir pelos instintos, aja com paciência e bom senso, alimente o espírito instigando a autoconfiança. Preste atenção aos seus sonhos, pois o elo lunar e noturno pode ser a chave para abrir as portas dos mistérios da alma. Eles são o meio de comunicação direta com o seu espírito. Ao mundo exterior, ofereça tolerância, compreensão, bondade e perdão, não raro, estes sentimentos estarão ressaltados em si como consequência das próprias descobertas interiores.

É aconselhável escutar o próprio silêncio, assumir uma postura contemplativa, se possível meditativa. E seja feliz!

Ela quer ficar sózinha…

dez73

Sabe, as vezes ela só quer que as coisas façam algum sentido. Ela não está preocupada com qualquer expectativa de dia seguinte, nem esperando que ele vá atrás dela ou se quer imagina a vida com alguém por agora. De fato, ela está muito mudada. Talvez pelas frustrações em relacionamentos anteriores, mas muito provavelmente porque descobriu que a própria cia lhe é suficiente.

Ela já não se importa com a quantidade de amigas que andam casando e outras escolhendo por ter ou não filhos. Ela não atendeu a ligação daquele paquera porque não quis. Não respondeu o whatsapp daquele outro porque também não quis. Ela anda querendo muito de si e esperando pouco do mundo. Ela cortou e mudou o tom dos cabelos. Desencantou da academia e foi para aqueles treinos no parque. Abre garrafas de vinho durante a semana e se diverte sozinha, na própria cama, com aqueles seriados bobos americanos.

Ela parou de se cobrar pela vida perfeita que as pessoas esperam que ela tenha. Ela está indo atrás dos sonhos próprios, das vontades insanas, aventuras mundanas e experiências únicas. Ela só quer achar o próprio sentido e seguir seus instintos. Que mal há nisso?

Esses dias mesmo ela abriu mão de uma proposta de emprego porque achou que era certinho demais para ela. E olha que ela iria receber três vezes mais. É isso tipo de coisa que liberta, que alimenta, que faz o frio da barriga voltar e a vontade de continuar constante. É a decisão de seguir o coração e fazer aquilo que quiser. É não permitir que qualquer encanto tire a rota do caminho escolhido.

Surpreendentemente, ela está sozinha. Não precisa ter o apoio moral de um cara para tomar suas decisões. Uns chamam de independência demais e já começaram as apostas para a mais nova “encalhada”. Outros ficam ali, cercando, falando, tentando acompanhar seu ritmo intenso, mas falta coragem para se aproximar. Outros dariam tudo para estar ao lado dela, mulher independente não enche o saco. Eis a grande verdade!

Ela continua se divertindo pela vida, mentindo sua idade, comprando cremes para rugas e não usando, já decidiu o destino da próxima viagem, está mudando de casa, parou de comprar sapatos e roupas, decidiu que iria aumentar a coleção de livros, mas tudo é tão irônico que já anotou na agenda a data da próxima liquidação naquela loja preferida. Aprendeu muito com a terapia, meditação e seu novo estilo de vida.

Um estilo único e feliz: a cada dia ela é muito mais dela e bem menos dos outros. Uma relação tão construtiva de amor próprio e único.

Juliana Manzato

Auto importância, dragão com mil cabeças…

07dez10

Um dos aspectos do nosso caminho que mais nos afeta negativamente e drena uma parte grande da nossa energia é a nossa auto importância.

Para os xamãs, ela é um dragão de 3 mil cabeças, quase invencível, que parece nunca ter fim.

Gastamos uma quantidade enorme da nossa energia preocupados com o “eu”.

Com o que os outros estão pensando sobre nós, ou sobre o que nós pensamos sobre nós mesmos.

Querendo agradar as pessoas, querendo manter uma imagem social, querendo parecer humilde demais ou “fodão” demais, ficando ofendidos com qualquer coisa, nervosinho com qualquer coisa, decepcionados e magoados com qualquer situação, sendo afetados pelas atitudes dos outros, querendo dar satisfação pra todo mundo de tudo que faz, tendo uma imagem exagerada de nos mesmos totalmente despropositada, querendo nunca decepcionar ninguém, querendo ter sempre razão, querendo mostrar que está bem, querendo provar algo as outras pessoas, querendo ser bonzinho pra ser aceito, querendo ser legal pra receber amor,etc.

Ficamos tão preocupados com nossa imagem social e nosso auto-reflexo, que em algum momento, gastamos toda nossa energia tentando equilibrar esse circo todo que armamos em volta do nosso ego.

Essa é a parte mais macabra e dramática da influência da auto importância em nossas vidas: você se torna refém das suas loucuras e da loucura dos outros, e gasta toda sua energia numa batalha que não é a sua, ficando preso as correntes invisíveis da sua história pessoal e das expectativas irreais, suas e dos outros.

Você deixa de ser você mesmo e se desconecta da sua essência.

Isso tem que ser resolvido, antes de qualquer empreitada no caminho do conhecimento.

Toda essa energia gasta com nosso auto-reflexo e culto ao “eu” precisa ser redirecionada para fins mais produtivos.

O guerreiro deve batalhar dia-a-dia, momento a momento, para controlar sua auto importância num primeiro momento, e depois exterminá-la.

A quantidade de energia que é liberada quando o guerreiro controla sua autoimportância e vaidade é tão grande, que é inevitável uma mudança em curto prazo da sua visão de mundo e de si mesmo.

Sua percepção da realidade fica muito mais sóbria e envolvente.

Sem os apegos e mesquinharias do ego, sem o desperdício de energia que outrora ocorria sustentando uma visão de mundo baseada no culto ao “eu”, o guerreiro “abre” sua visão, como se lhe tirassem os antolhos que antes limitavam sua percepção, e vê o mundo a sua volta de uma forma totalmente diferente.

A autoconfiança do guerreiro tem de vir de dentro, derivando da sua impecabilidade, e não de fora, através de validações, aprovações e opiniões alheias.

A impecabilidade do guerreiro, onde ele oferece seu melhor em todas as circunstâncias e desafios de sua vida como forma de gratidão ao universo pelo milagre da sua existência, é um gesto seu para com o Espírito, e não precisa de plateia.

Por: Carlos Castañeda

Arcano do dia – “AS de Copas”

aceofcups1

Esta carta é a primeira do naipe de Copas, que representa o Elemento Água e está ligado aos sentimentos e às emoções. O Ás de Copas é a carta do amor, e do amor supremo que é o de Deus por nós. Ela tem representada uma taça grande, a fonte de onde tudo nasce, e que brota todos os dias cheia de bênçãos.

– Esta é uma das cartas mais positivas de todo o baralho, e quando ela sai numa leitura indica que teremos a proteção de Deus em relação à questão que colocámos. Esta carta traz sempre uma grande alegria.

– No amor, anuncia a recompensa de todos os esforços e a resposta a todas as súplicas amorosas: indica um grande amor, uma relação feliz, uma vida familiar que decorre em harmonia e com muito afeto.

– A nível de saúde indica energia, força, recuperação de uma doença, força física e psicológica, e lembra para cuidarmos bem do nosso corpo e para o mantermos sempre bem hidratado.

– A nível material indica entrada de dinheiro, estabilidade, segurança, pode indicar uma promoção ou um trabalho que traz uma boa situação. É sempre uma carta muito positiva.

 

Aromas que podem curar…

agora11409

A aromaterapia, por ser utilizada muitas vezes para amenizar problemas provocados pelo “corre-corre” diário, pode aparentar ser uma terapia moderna. Mas, na verdade, o uso terapêutico de plantas aromáticas é uma prática tão antiga que é difícil precisar seu surgimento.

Existem indícios de que há 40 mil anos, aborígenes australianos recorriam às plantas aromáticas da fauna nativa para se adaptarem às condições extremas do ambiente em que viviam.

Os primeiros registros do seu uso foram encontrados em documentos egípcios do ano de 2.500 a.C., aproximadamente. A tradução desses hieróglifos revelam óleos essenciais antissépticos e antibióticos utilizados no embalsamento dos corpos de sacerdotes e faraós.

Outras civilizações antigas se beneficiaram da essência de vegetais, como os chineses, persas, hindus, romanos e gregos. Há registros de que Hipócrates, considerado o pai da medicina atual, utilizou a defumação de plantas para erradicar uma epidemia em Atenas.

Mas somente em 1928 o uso curativo de plantas aromáticas foi batizado de Aromaterapia pelo químico francês René-Maurice Gattefossé que, depois de ter se queimado num acidente em seu laboratório, mergulhou a mão ferida em óleo de lavanda.

Passadas algumas horas, Gattefossé observou o poder de cura dessa essência. Chamado pai da aromaterapia, foi ele quem deu o pontapé inicial aos estudos científicos sobre os óleos essenciais, que continua sendo crescentemente ampliado por seguidores.

Cura e bem-estar

É cada vez maior o número de médicos e terapeutas que se utilizam da aromaterapia na denominada medicina complementar.

Uma boa notícia é que além de poder buscar tratamento em locais especializados, muitas vezes podemos usufruir dos benefícios da terapia aromática no conforto de casa. Alguns óleos têm eficácia conhecida e são indicados para diferentes necessidades.

“Para um problema respiratório, pode-se inalar óleo de Eucalipto lóbulos; para problemas de insônia, pode-se aplicar 2 gotas de lavanda em uma bolinha de algodão e colocá-la entre as fronhas e o travesseiro; para cólicas, espasmos ou TPM podemos fazer uma massagem no abdômen com 5 gotas de óleo essencial de gerânio e 1 colher (sopa) de óleo vegetal de semente de uva”, exemplifica a aromaterapeuta.

Por conta da infinidade de representantes, lojas, farmácias (naturais ou não) que vendem óleos essenciais, é recomendado consultar uma associação de aromaterapia e se informar sobre quais são os fornecedores mais confiáveis antes de comprá-los.

Os óleos essenciais de qualidade são naturais, não contêm qualquer tipo de substância sintética, são puros, não possuem mistura com nenhum outro óleo esencial e não são colorados ou descolorados – em geral, vão de transparente a amarelados.

Mais indicações

Outras aplicações dos óleos essenciais bem conhecidas, que são indicadas para diferentes fins, são:

Hortelã Pimenta
Combate: rinite
Aplicação: 1 gota em um lenço de papel para ser inalado

Bergamota
Combate: ansiedade
Aplicação: 25 gotas no aromatizador elétrico

Cipreste
Combate: má circulação
Aplicação: 10 gotas em gel neutro, para ser utilizado na massagem

Tea Tree
Combate: cistite
Aplicação: 5 gotas em 1 litro de água para fazer banho de assento

Alecrim
Combate: esgotamento mental
Aplicação: 25 gotas no aromatizador elétrico

Capim-limão
Combate: cansaço
Aplicação: 5 gotas no canto do box para inalar durante o banho

 

Óleos essenciais para o inverno…

agora11408

Que tal preparar você mesma seus blends de óleos essenciais para o inverno?

Anotem as receitinhas:

Blend de inverno
10 gotas de óleo essencial de cedro
25 gotas de óleo essencial  de bergamota
30 gotas de óleo essencial de junípero

Blend contra congestão nasal

5 gotas de óleo essencial de eucalipto
3 gotas de óleo essencial de lavanda
2 gotas de óleo essencial de tea tree
2 gotas de óleo essencial de pinho

Blend para acordar

7 gotas de óleo essencial de bergamota
5 gotas de óleo essencial de grapefruit
3 gotas de óleo essencial de alecrim

Blend do sol

5 gotas de óleo essencial de limão
5 gotas de óleo essencial de laranja
3 gotas de óleo essencial de gerânio
2 gotas de óleo essencial de hortelã-pimenta

Arcano do dia – “Cinco de Ouros”

agora11395

A verdadeira prosperidade se conquista quando fazemos o que gostamos, pois assim, trabalhar é um prazer, não vemos as horas passando e dormimos sempre cheios de novas ideias. Nosso entusiasmo pelo assunto atrai colaboradores, aliados e investidores e o dinheiro vem não como algo que estejamos muito necessitados, mas apenas como a consequência lógica de um trabalho bem feito. Portanto, a crença que se baseia em primeiro fazer o que dá dinheiro e deixar o que se gosta de lado, como um hobby, só nos torna tristes e diminui nossa confiança interior. Afinal, como arrumar energia se o que iremos fazer é chato, penoso, sem sentido ou ainda fere nossa moral ou princípios de vida?

No dia de hoje busque o prazer e extraia seus rendimentos dele. Mesmo que não seja possível fazer uma mudança radical, comece aos poucos. Vai chegar a hora em que você poderá substituir suas fontes negativas de dinheiro e viver de verdade com prosperidade.

Como conselho, este arcano pede para o consulente saber esperar, abrindo mão de obter alguma compensação por tudo aquilo que está vivenciando.

Portanto, ser como o 5 de Ouros implica em se afastar, diminuir sua presença, se privar ou economizar, desapegando de coisas materiais e se preparando para se reorganizar, tão logo haja oportunidade. Desse modo, devemos assumir que nem sempre temos poder sobre a vida, embora possamos nos controlar internamente.

Entretanto, isso só terá efeito real se o consulente se manter constantemente sereno e humilde.

Sugestões práticas do 5 de Ouros:

  • Procure abrir mão do controle, desapegando das situações e das pessoas;
  • Não deixe a preocupação preencher seus dias e tirar ainda mais sua energia vital;
  • Evite descuidar da saúde, meio que não tenha meios materiais adequados para isso;
  • Mantenha a positividade e a esperança no futuro;
  • Aprenda com seus erros e se corrija rapidamente;
  • Tenha força e coragem para mudar de caminho, se necessário;

 

 

Como anda a energia de sua casa?

agora11392

Lugar mágico esse, a casa nossa de cada dia. Um pequeno reino, pedaço do paraíso. Acho que é unanimidade a gostosa sensação de voltar pra casa depois de uma viagem, onde se é possível ser a si próprio como em nenhum outro lugar do mundo.
Mesmo aqueles que adoram bater perna por aí e precisam sair pra ver o mundo todos os dias, é no silêncio e no aconchego do lar onde repõe as energias ou procuram abrigo quando bate tristeza, solidão… mas como está a energia do seu lar? Você sabe? Consegue perceber?
Temos o cuidado -necessário- de proteger a casa de assaltos e bandidos. Providenciamos grades, muros altos, cerca elétrica, instalamos circuito de alarme, vídeo e mais tantas outras parafernálias para nos proteger de invasões, protegemos nossos pertences, conquistas e os bens materias. Perfeito!
Muitos lembram de proteger a si próprios, os membros da família, aqueles que amamos, espiritual e energicamente. Ao menos tentamos, quando dá, quando lembramos. Seja com orações, meditações, amuletos, se apegando aos santos e aos anjos. Mas poucas pessoas, a grande minoria que eu conheço, se lembra de proteger e/ou limpar energicamente seus lares. Defendemos nosso espaço físico com unhas, dentes e grades, porque sabemos que do portão para dentro o espaço é nosso. No astral não é bem assim. É claro que você tem o direito e deve defender e sua casa também energeticamente mas as linhas divisórias não são claras.
Se você já tem sua sensibilidade um pouco desenvolvida consegue perceber, ao entrar em um ambiente quando este está”carregado”. A cabeça dói, o coração fica apertado, dá enjôo. São muitos os “sintomas”. Porque isso acontece? Porque existem alguns pontos comerciais que parecem ser malditos onde nada prospera? Porque existem alguns ambientes que parecem que dão calafrios e os cachorros não ficam de jeito nenhum?
Bem, podem ser muitos e distintos os motivos e cada caso é um caso, que deve ser estudado cuidadosamente. Mas quero falar genericamente sobre como é possível, de forma bem simples, melhorar a energia de um ambiente.
Tudo o que pensamos, dizemos e vibramos é energia. E essa energia é capaz de impregnar ambientes, móveis, paredes. Imagine uma casa onde existem brigas constantes, há agressão, desrespeito, confusão gritaria. Todo o ambiente fica “sujo” e acaba atraindo através do padrão vibratório esse mesmo tipo de energia, cria-se uma mão de duas vias, onde essa energia gerada atrai mais influência externa negativa e vice-versa.

A negatividade externa traz ainda mais controvérsia. Instala-se um ciclo auto-alimentado.
Essa energia é densa e cria uma identidade, uma assinatura. Pode permanecer por muito, muito tempo em um ambiente. Isso é só energia que geramos. Acrescente todo tipo de influência externa.
Então, o que é que pode ser feito? Vou listar abaixo atitudes simples que ajudam a melhorar o padrão vibratório de um ambiente:

– Organização : mantenha cômodos, gavetas, ármarios sem bagunça. Não usa mais ? Doe. Faça a energia circular.
– Limpeza: Para todos os itens acima. Não deixe lixo acumulado (se puder deixar fora de casa, como em um quintal, melhor). Não deixe roupa suja por semanas a fio. Lave-as todas assim que possível. Não deixe comida estragada dentro de casa. Verifique sempre geladeira, freezer, despensa.
– Plantas (em bom estado) ajudam. Animais também.
– Um aglomerado de cristal nos cantos da casa (pode ser um potinho com sal grosso)
– Música ambiente como mantras, em volume baixo fazem muito bem.
– Evitar discussões dentro de casa.
– Cristais são ótimos. Se eles te atraem, estude quais são os cristais indicados para o que você quer, onde e como devem ser usados.
– Aromaterapia: Funciona demais! Pode ser óleos essencias usados em difusor ou incensos. Recomendo que você pesquise o que é indicado para o que busca, assim como os cristais, a lista é extensa.
– Procurar manter o padrão mental alerta e positivo.
– Orar (se for com todos os moradores pelo menos 1X semana, melhor ainda).
– Evitar mídia (TV, rádio, Internet) sensacionalista, apelativo.
– Mentalizações/ exteriorização de energia.
– Antes de entrar em casa visualize todos os problemas ficando na rua. Visualize sua casa cheia de paz e luz.
Com alguma frequência limpo o chão da minha casa e os batentes das portas com uma mistura de anil (para água ficar azul), arnica e cânfora, decreto: Nessa casa só entra paz, luz e prosperidade. Comece limpando do fundo, terminando na porta da frente.
São pequenas atitudes conscientes, que acumuladas tornam o ambiente mais saudável.

Atitudes conscientes mudam uma vida.
Fiquem bem!

Arcano do dia – “As de Paus”

aceofwands1

Pois é gente…novamente ele aparece por aqui…

Há uma frase do Johann Wolfgang von Goethe que, para mim, melhor expressa e resume todas as características do Ás de Paus:

“O que quer que você queira ou sonha, ouse. A audácia contém genialidade, poder e mágia!”

A essência do naipe de Paus é percebida, nesta carta, com um afluxo de energias naturais provocadas pelo início de um novo projeto, um novo negócio, uma nova idéia, uma nova, enfim, atividade criativa. O Ás de Paus é a raiz dos poderes do fogo, o que faz dele o impulso inicial e a inspiração motivadora. Essa energia, de altíssima combustão, é utilizada para superar a inércia, a estagnação. Não é necessário que nos preocupemos com detalhes ou com os resultados. Estamos envolvidos em começar. Ousemos, então!

Quando numa leitura de tarot nos deparamos com esse Ás, temos grandes chances de que o assunto tratado será, de alguma maneira, coroado de êxito, pois essa carta é sintoma de uma energia equivalente a de uma usina atômica. É muita força. É uma imagem que vai se surge, do nada, em nossas mentes e que sabemos por instinto, que é algo que deve ser manifestado, de merece investimento, que deve materializar-se. É aquele instante em que, em meio a uma festa, nos servindo de um canapé qualquer, temos um flash, um raio que clareia nossa mente e nos afasta momentaneamente do local:

“Eu poderia montar um buffet só de comidinhas naturais, com grãos, verdes, frutas, massas integrais, sementes, tudo muito bonito, tudo muito sofisticado, mas devo manter algumas características simples como nos materiais escolhidos, e poderia falar com a minha ex-babá que agora é uma excelente quituteira, meu filho pode nos dar uma ajuda com o carro, e os papéis? será que fica muito caro e complicado abrir a firma?

Mas quando pensamos, quando criamos, quando o Ás de Paus aparece, esqueça a tecla “Enter” do seu computador mental!

Dificilmente, numa jogada, essa carta simbolizará algo negativo, mas quando aparece numa posição de “obstáculo” poderá estar lembrando ao Consultante que ele está canalizando, ou usou mau, essa energia criativa. Acontece quando nos atiramos de corpo e alma sem termos, e nem procurarmos adquirir, algum conhecimento mais aprofundado sobre o assunto. Quando não reconhecemos a necessidade de, passado o primeiro impacto da idéia e a explosão de entusiasmo que advém, temos que nos organizar ou reestruturar para que as coisas possa acontecer como imaginamos. Ou então quando nos recusamos a ver que há um tesouro à nossa frente, nublando nossa visão, recusando-nos, por algum motivo, a não reconhecê-lo. ainda assim ele está lá.

Tradicionalmente o Ás de Paus simboliza, numa leitura de tarot,  muita fertilidade e a possibilidade de nascimento de uma criança; início de um novo empreendimento, um novo negócio, um novo investimento; imaginação à mil, espírito motivado com novas idéias, criatividade e produção intelectual em alta; grande capacidade mediúnica, intuitiva, espiritual; energia sexual intensa; muita vitalidade física, recuperação da saúde.

Dê vazão à sua criatividade, libere a sua imaginação e deixe-se conduzir pelas forças telúricas que nos cercam. Há um poema Rumi que diz: “Eu Sou o bastão e você é a bola”. Deixe que essa “tacada” que a Vida, o Divino (e substitua aqui pela expressão que melhor defina o seu conceito de divindade), o Universo dá,  o leve a voar alto, explorar outras distâncias, novos horizontes, múltiplas oportunidades.

Tenham todos uma ousada e proveitosa segunda-feira! e boa semana!

Arcano do dia – “Seis de Paus”

sixofwands

Quando, numa jogada de tarot, o 6 de Paus faz a sua aparição, podemos considerar, que estamos diante de uma vitória pessoal, pois os esforços surtiram resultado e a meta foi cumprida. É a recompensa que se obtém por ter corrido o risco. É a obtenção de resultados bastante criativos nas incursões que fazemos nas artes, nas ciências e no trabalho. É o famoso “se dar bem”. Traz consigo a ideia de fama e de glória, advindas do reconhecimento merecido.

Mas o 6 de Paus, como todas as demais cartas do tarot, também pode estar, dependo de sua posição na jogada, alertando para o lado “sombra” das pessoas ou das situações abordadas na leitura. Orgulho desmedido, o isolamento que a vitória pode impor, desilusão, traição, inveja do sucesso alheio, perder uma competição ou ser preterido numa promoção de cargo são alguns desses aspectos negativos. Além destes citados, podemos acrescentar a perda da admiração dos outros além da perda de direcionamento dos próprios objetivos. A sensação de medo, complicações que ocorrem durante a realização do projeto, a rápida chegada de más notícias e demoras inesperadas são outros indesejados aspectos dessa carta.

Portanto, associado à expansividade, ao crescimento proposto por Júpiter, acredite em seu projeto, acredite em seu sonho, em seu trabalho e lute por ele com as armas da coragem, da força, da paixão, da razão, da justiça, ética e moral, nunca se valendo de suas conquistas para humilhar ou subjugar os outros. Haja sempre com diplomacia  e seus méritos serão ainda mais valorizados. A coroa de louros pode estar muito mais próxima do que você supõe, basta que você acredite na sua vitória.

A todos, uma vitoriosa e altamente compensadora sexta-feira!

Chás Mágicos

agora11330

As plantas estão na terra para nos ajudar. Porque não aproveitarmos um pouco desta bondade  e tomarmos um delicioso chá!

CHÁ PARA AFASTAR A NEGATIVIDADE:
*Casca de uma maçã
*Hortelã
*Mel
Faça um chá com a casca de maçã, assim que ele ferver acrescente um punhado de folhas de hortelã e deixe esfriar. Beba imaginando toda a energia negativa se dissolvendo e limpando sua áura, se preferir adoçe com mel.

CHÁ PARA CONCENTRAÇÃO:
*Uma sodalita
*Camomila
*Mel
Faça um chá com a camomila e energize a sodalita (que já deve estar devidamente limpa). Quando coar o chá, adoce-o com mel e jogue a sodalita na infusão. Respire profundamente 3x e beba o chá bem devegar, com cuidado para não engolir a pedra. Ao terminar, lave a pedra em água corrente, olhe para ela e diga:
“Em você agora eu me concentro. Minhas forças se dirigem sabiamente para um objetivo. Sou concentrado”
Coloque a sodalita em cima de alguma coisa que represente em que você deseja se concentrar, por exemplo, se for em estudos coloque em cima de um livro em que tenha dificuldade.

CHÁ PARA FORTALECER O CAMPO ENERGÉTICO
*1 ametista
*1 sodalita
*1 turmalina negra
Primeiro purifique os cristais, lavando-os com leite de vaca cru e frio e depois com água da chuva. Coloque os cristais num pote de prata ou cobre cheio de água mineral , deixe descansar durante a noite. Pela manhã, divida a água dos cristais em 3 porções e tome 3 vezes ao dia.

POÇÃO PARA AUMENTAR A CORAGEM:
*Limão cortado em cruz
*Uma rosa branca
*Mel
*Uma água marinha (cristal)
Na hora de Marte, prepare este chá simples para ter mais coragem para enfrentar os problemas. Acenda um incenso de bálsamo, que tem propriedade de acalmar e harmonizar ambientes carregados, além de dar inspiração e beneficiar o relaxamento.
Deixe tudo em infusão em água quente por alguns minutos. Depois , beba lentamente dizendo: “Eu afasto o medo de mim”
Retire a água marinha depois de beber e lave em água corrente e carrege-a consigo.