Arcano Regente da Semana – Rainha de Ouros

Sentir e realizar


A água corre pela terra, a terra torna-se produtiva com a água. Um elemento sem o outro traz esterilidade, um elemento em demasia ou em escassez afeta o equilíbrio: inundações ou secas.
Essa Rainha de Ouros vem nos lembrar o quanto o equilíbrio entre esses elementos é importante para a vida: o amor e os sentimentos são canalizados e efetivados na vida prática. O amor pela vida, a realização dos sentimentos, viver com intensidade!
A vida não é só trabalho, dinheiro, contas a pagar, carro, casa… A vida também não é o sonhar constante, o desejo não realizado, o amor platônico, a espera pela alma gêmea… A vida é aqui e agora! O trabalho é melhor quando gostamos do que fazemos; os bens materiais são melhor utilizados quando são expressão de nossas reais necessidades; nossa casa é muito mais gostosa quando é nosso lar, nosso aconchego, nosso local de recolhimento; é preciso acordar para encontrar a alma gêmea; nossos desejos não precisam de um gênio da lâmpada para serem realizados!
Então, faça de hoje um dia de dedicação a si próprio, cuide de seu corpo, da saúde, de suas necessidades primordiais. Revalide os projetos adiados, as emoções reprimidas, os desejos recalcados. Conecte-se com seu mundo interno para reduzir o desgaste psíquico e físico. Busque seu equilíbrio, amplie seu sentido de realidade e de suas necessidades físicas, emocionais e espirituais! 
A vida está aí e precisamos ter a coragem de vivê-la! Frutificamos quando temos consciência do que podemos e queremos fazer!

Energias e Significado da Vassoura de Bruxa

A Vassoura de bruxa “Cianita” tem esse nome por seu formato, e por ser conhecida como uma pedra que faz o trabalho das “limpezas pesadas”

Como já dito antes, é uma pedra que é excelente em limpeza, auxilia tanto no corpo físico, quanto nos bloqueios mentais que dificultam o aprendizado

A Vassoura de Bruxa é excelente para o alinhamento dos Chakras, removendo bloqueios que impedem sua energia de fluir livremente pelo seu corpo

É uma ótima pedra para meditações profundas, pois auxilia na concentração para que a gente consiga ter uma imersão completa.


Efeitos Terapêuticos da Vassoura de Bruxa

Em quesito emocional, a Vassoura de Bruxa auxilia a remover bloqueios emocionais e energéticos que nos impedem de seguir nossa vida com plenitude e emanando felicidade.

A Vassoura de Bruxa ajuda em balancear nossas energias “Ying-yang”. Ajuda a expelir sentimentos negativos e trazer emoções que estavam bloqueadas por traumas ou medos.

Fortalece as energias de cura e proteção enviadas por nossos guias espirituais, pois tem uma energia muito forte de cura e limpeza espiritual muito profunda.


Limpeza e Energização da Vassoura de Bruxa

Para limpar todas as suas energias, lave a em água corrente com sal marinho por cerca de 3 a 5 minutos.

Para recarregar sua força, deixe a sob o Sol por 2 horas. Deixe a também sob a Luz da Lua por cerca de 4 horas para equilibrar suas forças espirituais.

Sempre que possível deixe sua Vassoura de Bruxa sobre o sereno durante uma Lua Cheia, isso irá potencializar muito as suas energias espirituais e terapêuticas.

Como Usar a Vassoura de Bruxa

Para proteção energética, purificar a Aura, elevar sua espiritualidade e proteger seu campo energético, use uma Vassoura de Bruxa no seu dia a dia.

Para melhorar a energia do ambiente, atrair energias espirituais e transmitir paz para o local, escolha uma Vassoura de Bruxa de bom tamanho e deixe a em sua sala.

Se deseja usar seus efeitos terapêuticos, aproxime o do local que deseja tratar por 30 minutos a 1 hora e visualize uma luz azul esverdeada cobrindo a região.

Usos Típicos da Vassoura de Bruxa

  • Limpezas Energéticas e Emocionais
  • Proteção contra Magia Negra e feitiços
  • Afastar energias negativas
  • Eliminar bloqueios Mentais
  • Aumentar a vibração do corpo energético
  • Alinhar os Chakras

Lua nova em Aquário

SEGUNDA-FEIRA com #LUA NOVA em Aquário. Abertura de ciclo lunar e hora de lançar suas ideias. Tudo que é feito nessa semana tem o tom do novo e individual.

Excelente momento para Tecnologia em geral e Tecnologia da Informação. Momento de revolucionar o sistema social. Essa transformação ocorre nas escolas, nas empresas e na sociedade.

Os líderes chegam com um discurso voltado ao futuro. A mudança é visível. Olhamos para nosso momento, nossa vida e deixamos de lado aquilo que não funciona. Podemos trocar um equipamento, um carro, um celular ou trocar a forma como lidamos com as pessoas.

O objetivo é o mesmo: melhorar uma condição que necessita desenvolvimento. O exagero dessa energia traz, até dia 05 de Março, egoísmo e protecionismo. Lidar com egoístas é triste. Ser egoísta é devastador.

Na Evolução Humana não há espaço para o egoísmo. Quem insistir, será eliminado. Como? Pelo próprio Planeta. A melhor parte dessa semana é a oportunidade de transformar a si sem esbarrar no outro.

Por Claudia Vannini

Arcano regente da semana – A Imperatriz

A Imperatriz nos mostra o contato com a energia criadora. Mostra a expansão e a comunicação. Momento de criatividade e poder de materialização. É a força da mãe terra, e o poder de co-criadores da matéria.

Representa a mãe acolhedora e protetora, a beleza, a natureza e o corpo.

Nos fala da importância da alegria, do despertar da criança adormecida que há em nós.

Criança que nos motiva para a realização dos nossos sonhos. Os prazeres da vida também são importantes, nos ajudam a manter o equilíbrio.

Mostra-nos um solo fértil, esperando a atitude apenas de plantar e cuidar para uma colheita farta.

Momento de criação. A energia da criação está aí, batendo a sua porta. Coloque-a em prática.

A Imperatriz é a própria representação da mãe terra, mostando um solo fértil e produtivo. A manifestação na matéria é certa, mas precisa do movimento.

Momento de agir, colocar em ação seus projetos, solte sua criatividade e permita a manifestação na matéria.

Reverencie a mãe, aquela que nos ensina que o cultivo e o cuidado frutificam.

Cuide do corpo, alimente-se corretamente e pratique alguma atividade física.

A Imperatriz representa também a trindade: corpo, mente e espírito.

E como o corpo faz parte desta trindade, é importante que esteja também em equilíbrio.

Permita-se viver em alegria, deixe a vida mais leve. Não leve as coisas a ferro e a fogo.

A descontração faz parte da vida, deixe sua criança interior se manifestar.

Tulasi

A planta segrada de Krishna, remove o flúor da água e beneficia a Glândula Pineal


Uma planta chamada Tulasi, ou Manjericão Santo (Ocimum tenuiflorum), que cresce por toda a Índia pode ser apenas outra resposta para retirar o flúor da água em países pobres em todo o mundo. Cientistas da Universidade de Rajasthan descobriram que o Tulsi pode substituir algumas das alternativas mais caras para a remoção de flúor.

Os investigadores conduziram o experimento em uma aldeia de Narketpally, imergindo 75 mg de folhas de manjericão santo em 100ml de água que tinha mais de 7 partes de flúor por milhão de água. Após a imersão das folhas em água durante apenas 8 horas, o flúor foi reduzido para apenas 1,1 partes por milhão. A Organização Mundial de Saúde diz que os níveis “seguros” de flúor na água não são mais do que uma parte por milhão.

Com a recente admissão da Universidade de Harvard que o flúor é ruim para a saúde, e as notícias continuadamente apontam para o flúor sendo responsável por esgotar a capacidade do cérebro causando déficit de atenção, ou mesmo calcificando a glândula pineal, (que inibe importantes secreções hormonais como a melatonina e serotonina, e DMT), é uma notícia maravilhosa de que um remédio tão simples foi encontrado.

Esta planta possui óleos essenciais quimiotipados e o que obtemos possui um excelente perfume, advindo da união de fenóis e sesquiterpenos. Apesar do eugenol presente neste óleo, o odor de cravo não predomina. Ele possui grande potencial anti-inflamatório, analgésico, e antisséptico.
Na Índia, o Tulasi é uma planta universalmente apreciada por yogis, místicos e santos de várias tradições espirituais. A Tulasi é adorada à uma tradição ancestral escrita há mais de 5000 anos atrás. Há muitas referências a esta planta sagrada através dos Vedas, conhecidos como os mais antigos escrituras existentes. Suas flores, folhas e madeira são parte integral da vida e adoração indiana. Nenhuma oferenda é considerada completa sem flores ou folhas de Tulasi, e a madeira é cuidadosamente queimada para a confecção de colares e “japa mala”, contas de meditação usadas para a contagem de mantras e orações.
Tulasi é compreendida como a encarnação em forma de planta da deusa Vrindadevi. Ela incorpora a beleza da flora e da fauna do último ser da floresta espiritual, Vrindavana. Ela aparece nesse mundo através desta planta, e suas folhas podem ser usadas para se ofertar a Krishna.

Tulasi é simples em todos os sentidos. Simples ao se ver, simples ao se tocar, simples ao ser relembrada, simples ao se ouvir dela, ou simples ao se assoprar sua árvore, há sempre simplicidade. Qualquer um que se encontra com a árvore Tulasi nas formas mencionadas acima vive eternamente no mundo espiritual. Purificando o corpo, mente e emoções, os grânulos de Tulasi sempre podem ser vistos ao redor dos pescoços de yogis sérios e místicos na Índia. Em praticamente todo templo da Índia há um lugar especial reservado a esta planta sagrada.
“Se em algum lugar uma pessoa semea uma árvore de Tulasi, essa certamente se tornara devota ao Sr Krisna. E Quando as folhas da Tulasi forem oferecidas aos Pés de Lotus de Krisna, terá total desenvolvimento do amor pela Suprema Personalidade de Deus.” Skanda Purana
“Aquele que faz todo o trabalho como uma oferenda para Deus – abandonando o apego egoísta aos resultados – fica intocado pelas reações kármicas, ou pecados, exatamente como uma flor de lótus jamais é molhada pela água (5.10). Ofereça-Me uma folha, uma flor, um fruto ou água com devoção, eu aceitarei e provarei a oferenda da devoção pelo coração puro (9.26).”Bhagavad Gita

Jupiter em Sagitário

Crer, antever, viajar, filosofar, ir mais longe…

A alma quer novas paisagens, linguagens, verdades.
Mapa mundi, o teu lugar.

Depois de uma profunda e transformadora passagem em Escorpião, revelando verdades escondidas e inconvenientes ao nosso respeito, mostrando as sombras do inconsciente, mas também as riquezas ocultas e o poder de renascimento, o planeta Júpiter, símbolo de crescimento, expansão e conhecimentos visita a sua morada astrológica, Sagitário, de 08 novembro de 2018 à 02 de dezembro de 2019.

Crescerá o anseio por viagens, novos conhecimentos e experiências, derrubando antigas fronteiras limitantes, para ir ao encontro de novas paisagens e horizontes.

Buscadores e cidadãos do mundo, eis como nos sentiremos cada vez mais, à medida em que Júpiter segue seu expansivo movimento em Sagitário.

Novas metas e flechas em direção a alvos que nos tornam maiores, que ampliam nossa visão e que libertam, na aventura de (nos) conhecer.

Busca de um novo sentido, significado, rumo.
Crer, antever, viajar, filosofar, ir mais longe, na geografia e na mente.

Em tempos de Júpiter em Sagitário, a verdade é o escudo. Liberta. Abre novas possibilidades.
Sem autenticidade, apenas lançaremos flechas que não chegarão aos alvos almejados, aos novos caminhos que queremos percorrer, à vastidão do olhar e do andar.

Muitos se sentirão motivados a passar um tempo ou viver em outro país e cultura, questionando os princípios que até então regiam a sua vida.

Questões ligadas à justiça, às leis, relações internacionais, universidades, educação, conhecimento, publicações, transmissão do saber, espiritualidade, línguas, países, culturas, turismo, filosofia, religião e a tudo que traga sentido e nos leve além, estarão em pauta durante a passagem de Júpiter em Sagitário.

Cuidado com a imposição de credos, doutrinas e da pregação de falsos profetas, que se intitulam donos da verdade.
Atenção com o dogmatismo, a inflexibilidade, os exageros.
Tendemos aos excessos e isso é uma deturpação da energia expansiva de Júpiter em Sagitário.
Parecerá mais fácil buscar longe o que na verdade está diante dos nossos olhos. Projetar-se no amanhã, esquecendo de viver o presente.
Imprudências e negligências levam a prometer o que não somos capazes de cumprir (para nós mesmos ou para os outros).

Crescer, expandir, conhecer, viajar e respeitar diferentes verdades são atitudes estimulantes durante este período.

Turmalina Negra é uma fortaleza Mística

A turmalina negra possui energias que trazem proteção contra sentimentos negativos de toda natureza. Ela não retem as energias negativas em um ambiente, faz exatamente o contrário: as dissipa.

Sobre suas funções terapêuticas podemos dizer que a turmalina tem propriedades que atuam diretamente no primeiro chakra. Ela ajuda o sistema imunológico e também o sistema ósseo. Ela também ajuda na circulação, ao combate ao estresse, pois ela dispersa as energias que geram esse sentimento.

Para proteção pessoal ela pode ser usada em anéiscolaresbrincos. Para os ambientes é melhor que tenha uma pedra com um tamanho um pouco maior, que fique posicionada no ambiente. E também é possível recorrer a terapias com profissionais, que envolvam o uso dessa poderosa pedra!

Há quem diga que essa pedra seja uma grande amiga das mulheres.  Isso porque entre os benefícios da turmalina negra estão alívio das cólicas e de dores de cabeça. Então, ela também ajuda na TPM, ajuda na oxigenação das células, alivia a insônia e ainda combate radicais livres que provocam envelhecimento dos órgãos.

Beleza e Energia


Por isso, podemos ver que essa é uma pedra realmente sensacional. Portanto, ela pode ser utilizada em sua versão preta como uma poderosa pedra que traz inúmeros benefícios, físicos e espirituais. Ou ela pode estar presente em uma joia lindíssima assinada pelas maiores joalherias do mundo em sua versão paraíba.

#misticosonline #misticos #tarot #taroto

#misticosonline #misticos #tarot #tarotonline #Saint_Exupèry #boatarde #pazeluz http://ow.ly/i/KNWvd

https://misticosonline.blog/2019/01/27/e

Erveiras, raízeiras e benzedeiras


As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade. Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio

:“Erveiras, raizeiras, benzedeiras, mulheres sábias que por muito tempo andaram sumidas, ou até mesmo escondidas. Hoje retornam com um diploma de pós-graduação nas mãos e um sorriso maroto nos lábios. Seu saber mudou de nome. Chamam de terapia alternativa, medicina vibracional, fitoterapia, práticas complementares…são reconhecidas e respeitadas, tem seus consultórios e fazem palestras.

As mulheres curadoras fazem parte de um antigo arquétipo da humanidade. Em todas as lendas e mitos, quando há alguém doente ou com dores, sempre aparece uma mulher idosa para oferecer um chazinho, fazer uma compressa, dar um conselho sábio. Na verdade, a mulher idosa é um arquétipo da ‘curadora’, também chamada nos mitos de Grande Mãe.

Não tem nada a ver com a idade cronológica, porque esse é um arquétipo comum a todas as mulheres que sentem o chamado para a criatividade, que se interessam por novos conhecimentos e estão sempre a procura de mais crescimento interno. Sua sabedoria é saber que somos “obras em andamento’, apesar do cansaço, dos tombos, das perdas que sofremos… a alma dessas mulheres é mais velha que o tempo, e seu espírito é eternamente jovem.

Talvez seja por isso que, como disse Clarissa Pinkola:

“Toda mulher parece com uma árvore. Nas camadas mais profundas de sua alma ela abriga raízes vitais que puxam a energia das profundezas para cima, para nutrir suas folhas, flores e frutos. Ninguém compreende de onde uma mulher retira tanta força, tanta esperança, tanta vida. Mesmo quando são cortadas, tolhidas, retalhadas, de suas raízes ainda nascem brotos que vão trazer tudo de volta à vida outra vez.”

Por isso, entendem as mulheres de plantas que curam, dos ciclos da lua, das estações que vão e vem ao longo da roda do sol pelo céu. Elas tem um pacto com essa fonte sábia e misteriosa que é a natureza. Prova disso é que sempre se encontra mulheres nos bancos das salas de aula, prontas para aprender, para recomeçar, para ampliar sua visão interior. Elas não param de voltar a crescer…

Nunca escrevem tratados sobre o que sabem, mas como sabem coisas! Hoje os cientistas descobrem o que nossas avós já diziam: as plantas têm consciência! Elas são capazes de entender e corresponder ao ambiente à sua volta. Converse com o “dente-de-leão” para ver… comunique-se com as plantas de seu jardim, com seus vasos, com suas ervas e raízes, o segredo é sempre o amor.

Maya Santana

Signo do mês – Aquário

Para quem é de Aquário, liberdade é uma conquista diária. Expressa sua originalidade quando pode escolher entre mil opções, especialmente no amor.

Nada como um lugar diferente, um programa que saia da rotina. Você detesta solidão, por isso, está sempre em busca de companhia. Quando ama, entra de cabeça, ainda mais se a pessoa que está com você divide os mesmos interesses.

Você sabe compreender as necessidades de quem ama, por isso, atitudes egoístas não fazem parte do seu comportamento habitual. Na paquera, não tem dificuldade de cativar quem desperta seu interesse, pois esbanja criatividade.

 É o décimo primeiro signo do Zodíaco e é governado pelo planeta URANO. O signo de Aquário é o mais enigmático e independente de todos os signos do Zodíaco.

Pessoas desse signo tem um desejo incrível por uma vida única e diferente. São totalmente dedicados em alcançar a sua independência, e nem sempre tem tempo de dedicar sua vida aos seus parceiros. Pessoas desse signo tendem a ser intelectuais e teimosos.

A cor tradicional do signo de Aquário é o azul e o roxo.

AMOR

Os Aquarianos são românticos e cautelosos ao mesmo tempo. Podem ser legais, glamorosos e atraentes com uma personalidade magnética. Estar apaixonado é muito importante para ele(a). Precisa ter sua privacidade e estará preparado para consegui-la a qualquer preço. Parceria para você pode significar sacrifício já que você não gosta nem um pouco de mudar seu estilo de vida. Isso pode ser um problema, sendo que muitos deles(as) não conseguem se casar ou viver muito tempo com uma pessoa.

CASA

Você possui um talento único para criar efeitos especiais em sua casa, especialmente quando se trata de luzes. São capazes de organizar suas vidas de acordo com o meio ambiente em que vivem. Se moram em uma casa pequena, darão um jeitinho para que ela se pareça grande e espaçosa. Precisam ter seu próprio espaço e não gostam de muitos móveis pela casa. Quando escolhendo mobília, irá sempre escolher os mais modernos.

SIMBOLISMO

Astro regente: Urano

Elemento: Ar

Condimento:  Canela e Pimenta.

Erva: Azeda.

Metal: Alumínio.

Animal: Todos os tipos de pássaros, especialmente os grandes (gavião).

Cristais: Água marinha e Ametista.

Árvores: Pêra e Pêssego.

Paraíso astral: Gêmeos (21/5 a 20/6)

Santo: São Paulo

Anjo: Uriel
Flores: Orquídea e Margarida

Números: 4 e 5
Talismãs: Pirâmide e Ferradura
Dias: Quarta-feira e Sábado
Essências: Violeta e Lavanda
Verbo: “Eu sei”

Chronos e a passagem do tempo

 Chronos é a divindade suprema da segunda geração de deuses da mitologia grega, correspondente ao deus romano Saturno.

Deus da agricultura e também símbolo do tempo. Filho de Urano, o Céu estrelado, e Gaia, a Terra, é o mais jovem dos Titãs.

Casou-se com sua irmã Réia e com ela teve seis filhos: Deméter, Héstia, Poseidon, Hades, Hera e Zeus. Seu pai Urano, tão logo nasciam os filhos, devolvia-os ao seio materno, pois tinha medo de ser destronado por um deles.

Gaia, então resolveu libertá-los e pediu aos filhos que a vingassem e libertassem do esposo. Todos se recusaram, exceto Chronos, que odiava o pai. Gaia, então lhe entregou uma foice e quando Urano se deitou, à noite, sobre a esposa, Chrono cortou-lhe os testículos e os jogou no mar.

Com isso, após expulsar o pai, Chronos toma seu lugar. Temendo uma profecia segundo a qual seria tirado do poder por um de seus filhos, ele passa a engoli-los ao nascerem. Assim comeu todos seus filhos exceto Zeus, que Reia conseguiu salvar enganando Chronos.

Grávida de Zeus, Réia fugiu para a ilha de Creta e lá, secretamente, no monte Dicta, deu à luz o caçula. Envolvendo em panos de linho uma pedra, deu-a ao marido, como se fosse a criança, e o deus, de imediato, a engoliu.

Quando Zeus cresceu, iniciou uma longa e terrível guerra contra seu pai Chronos, solicitando para esse feito o apoio de Métis – a Prudência – filha do Titã Oceano. Esta ofereceu a Chronos uma poção mágica, que o fez vomitar os filhos que tinha devorado.

Zeus, então o expulsou do Olimpo, banindo-o com seus titãs aliados para o Tártaro, lugar de tormento, depois de uma guerra de dez anos que ficaria conhecida como titanomaquia. E assim como o pai simbolizava o tempo, ao derrotá-lo, Zeus tornou os deuses imortais.

Como arquétipo, Chronos representa a passagem do tempo, a velhice, as tradições. Nele encontramos as limitações da vida mortal. É natural que um soberano com a idade seja substituído por um de seus filhos, entretanto Chronos não aceita bem a passagem do tempo e a perda da fertilidade e do poder, por isso engole seus filhos.

Ele somente encontra a sabedoria na velhice, quando é inevitavelmente expulso por Zeus e se torna um deus agrário. Porém isso ocorre de uma forma amarga.

Chronos, portanto representa o corpo físico, que envelhece de forma inexorável e ao mesmo tempo se rebela contra seu destino fatal.Esse arquétipo nos diz que devemos aceitar nossa condição mortal e isso se dá por meio da separação dos pais e da infância.

Aceitar a maturidade nos traz sabedoria. Somente assim podemos parar de fantasiar que virá alguém como num passe de mágica transformar a nossa vida em um aconchego eterno. E então, passamos a assumir a responsabilidade dos nossos atos e escolhas.

A maturidade do espírito faz com que diminuamos as projeções. Nosso lado adolescente, que não quer “crescer” irá se rebelar, porém, se aceitarmos isso poderemos evitar muitas amarguras e descontentamentos e então iremos encontrar a sabedoria.